Victor Mendonça, em 12/12/2012   Ser politicamente incorreta, por si só, não é defeito de nenhuma comédia. Entretanto, é preciso saber trabalhar esse tipo de humor para tornar a obra mais divertida que desagradável. Os irmãos Farelly são exemplos de diretores e roteiristas que dominam essa arte,...

Victor Mendonça, em 10/12/2012   Deve ser difícil, para um cineasta com mais de 40 anos - como é o caso de Wes Anderson, que roteirizou (ao lado de Roman Coppola) e dirigiu "Moonrise Kingdom" (idem, 2012) - realizar um filme infantil, por mais talentoso que este...

Victor Mendonça, em 10/12/2012   "Quero Matar Meu Chefe" (Horrible Bosses, 2011) é a prova de que uma boa ideia não é suficiente para gerar um bom filme. Caso desta comédia, que conta com argumento potencialmente hilário, mas acaba se revelando um passatempo aborrecido e nada divertido.   Escrito...

Victor Mendonça, em 11/09/2017   É possível apostar que, quando a série animada Scooby-Doo, Cadê Você foi lançada, em 1969, ninguém imaginava o sucesso que ela iria fazer. O programa trazia quatro adolescentes metidos a detetives e um cão dinamarquês falante chamado Scooby-Doo que, visitando lugares inóspitos (como casas...

Victor Mendonça, em 11/09/2012   Deus da Carnificina (Carnage, 2011) faz parte daquele grupo de filmes que, mesmo reunindo todos os elementos para ser excelente, não consegue dizer a que veio. Mesmo contando com um diretor (Roman Polanski) consagrado por crítica e público e com um elenco admirável,...

Victor Mendonça, em 11/09/2012   Sandra Bullock é daquelas atrizes que, por possuírem grande talento tanto para o drama como para a comédia, fazem qualquer filme valer a pena. Porém, antes de ser premiada com o Oscar de Melhor Atriz por sua excelente atuação no ótimo Um Sonho...

Victor Mendonça, em 11/09/2012   Sacha Baron Cohen ganhou fama e respeito com o seu Borat – O Segundo Maior Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América (Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan, 2006) e pode-se dizer que isso não foi injusto....

Victor Mendonça, em 26/08/2012   Um Corpo que Cai (Vertigo, 1958) foi eleito recentemente o melhor filme de todos os tempos pela revista Sight & Sound, do Instituto de Cinema Britânco (BFI). Confesso que, imediatamente após ter assistido ao filme, não percebi o porquê de ele ter recebido...

Victor Mendonça, em 30/07/2012   Não existe sentimento mais cinematográfico do que o amor que é capaz de gerar o mais belo dos filmes. Se formos olhar exemplos mais recentes, encontraremos obras-primas como Para Sempre Cinderela (Ever After, 1998) e Antes do Amanhecer (Before Sunrise, 1995), e, pensando nos clássicos, o...