Mundo Asperger - o fascinante Universo do Autismo

“O inverno nunca falha em se tornar primavera” é uma das mensagens mais bonitas deixadas pelo buda japonês Nichiren Daishonin (1222-1282). Foram os invernos mais rigorosos que impulsionaram os autistas Victor Mendonça e a mãe, a jornalista Selma Sueli Silva, a transformar carma em missão ou o que poderia ser veneno – as limitações do autismo e a incompreensão das pessoas, em remédio para fortalecer a luta por uma sociedade mais inclusiva. Tudo começou com um combinado entre eles. O ponto principal nunca seria esquecido: compartilhar as próprias vivências, para amenizar o sofrimento de outros autistas e de seus familiares. Mãe e filho passaram por muitos desafios, com muitos sofrimentos e queriam, com o compartilhamento de suas vivências e experiências amenizar a caminhada de outras pessoas e fazê-las perceber que não estamos sozinhos.

 

Em 2015, Selma Sueli saiu de um grande veículo de comunicação em Minas Gerais e passou a se dedicar a acompanhar mais de perto o filho, que tinha acabado de ingressar na faculdade de jornalismo. Durante as férias de julho, quando a falta de rotina costuma ser problemática para os autistas, Selma propôs a Victor que mantivesse sua mente ocupada organizando seus textos e escrevendo um livro. Editado pela Manduruvá Edições, o livro de estreia de Victor como escritor, “Outro Olhar – Reflexões de um Autista” foi lançado em novembro do mesmo ano e, em pouco tempo, se tornou sucesso de público e crítica no Brasil e em outros países.

 

Mas o espírito irrequieto de Victor Mendonça não sossegou. Ele queria mais. Assim, ele e a mãe lançaram, em dezembro de 2015, o canal do YouTube “Mundo Asperger”. Inicialmente sem grandes pretensões. Os primeiros programas eram feitos em frente à câmera do computador e sem edição. Ainda assim, a repercussão foi surpreendente e os obrigou a se profissionalizarem, pois o canal atingiu público considerável que engloba todas as regiões do Brasil e espectadores de vários outros países.

 

Em setembro de 2016, Victor Mendonça lançou “Danielle, Asperger”, seu primeiro romance, escrito numa noite de insônia, quando ele tinha 14 anos. O livro é ficcional e aborda o pouco explorado mundo das mulheres com autismo, além dessa época da adolescência.

 

No mês de novembro de 2016, outra surpresa, Selma Sueli Silva é, também, diagnosticada com autismo leve. Mais uma vez, a surpresa cede lugar à ação. Seguir firme em frente é a meta pois, ao abraçar a causa da inclusão, mãe e filho expressam a certeza de que é dessa forma que se constrói uma sociedade mais inclusiva e humanizada.

 

Do canal Mundo Asperger, nasceu um extenso grupo no whatsapp, composto por autistas, pais, mães, família, educadores e profissionais da saúde.

Um pouco sobre a dupla

Selma Sueli Silva: Trajetória Profissional

Selma Sueli Silva, Jornalista e Relações Públicas, é especialista em Comunicação e Gestão Empresarial com ampla experiência de trabalho em redação de alguns dos maiores veículos de comunicação de Minas Gerais, como Jornal Hoje em Dia, Rádio Educativa Autêntica FM, Inconfidência AM e Rádio Itatiaia (de 2001 a 2015). Ela também foi assessora-chefe do INSS/MG, de 1993 a 2001.

Selma foi diagnosticada com Transtorno do Espectro Autista (TEA) em 2016. Ela é autora dos livros “Minha Vida de Trás pra Frente” (2017),  “Dez Anos Depois” (2018) e “Camaleônicos” (2019).

Junto do filho, Victor Mendonça, organiza e participa de seminários, ministra palestras com temas voltados à inclusão, empoderamento familiar, entre outros.

É palestrante também sobre temas voltados à educação, comunicação e cultura com vivência humanista, além de assuntos comportamentais contemporâneos.

Produz, apresenta e mantém o portal “Mundo Asperger”, com o filho, e o canal “Metamorfose”, onde traz sua vivência como apresentadora e produtora para falar de empoderamento, humanismo, superação, empreendedorismo, inseparabilidade do ser e do meio ambiente, entre outros.

Selma é colunista da revista “Tendência Inclusiva”. É, também, cerimonialista com experiência na apresentação de eventos – Mestre de Cerimônias.

Victor Mendonça: Trajetória Profissional

Victor Mendonça, Jornalista e Escritor, nasceu no dia 6 de fevereiro de 1997, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Foi diagnosticado com TEA (Transtorno do Espectro Autista) aos 11 anos.

Victor é escritor e youtuber do portal “Mundo Asperger”, onde aborda os impactos do autismo em crônicas, artigos e entrevistas. Ele também é autor dos livros “Outro Olhar” (2015), “Danielle, Asperger” (2016), “Dez Anos Depois” (2018), “Neurodivergentes” (2019) e “Entre Fadas e Bruxos” (2019).

Em dezembro de 2016, foi agraciado com o Grande Colar do Mérito Legislativo Municipal de Belo Horizonte, a maior honraria do legislativo, tornando-se a pessoa mais jovem a receber tal homenagem, então com 19 anos.

Victor também assina uma coluna no portal “SeikyoPost” e no jornal “Brasil Seikyo”, ambos da Editora Brasil Seikyo e na revista eletrônica “Tendência Inclusiva”.

Formado em Jornalismo pelo UNI-BH, onde foi o vencedor do I Concurso de Comunicação Empreendedora (Edição Você no Portal UAI), é também palestrante com temas sobre antes e depois do diagnóstico, a inclusão e a percepção de mundo do próprio autista, além de palestras motivacionais e sobre o empreendedorismo jovem.

Victor já foi colunista do blog “Tudo Bem Ser Diferente” (2014-2016), da Revistas “Estrada da Serra” (2014-2016) e “Inclusive.com” (2017) e da Webrádio “Comunicativa” (entre 2015 e 2017). Ele também foi o primeiro apresentador e criador do programa “Para Sempre Arte”, da Webrádio Mineiríssima, em 2019.

É colaborador do site CinePlayers!, como crítico de cinema, desde 2012.